natal_em_ny
Natal em New York
30/12/2013
Everglades_d
Everglades
29/01/2014

Zoo Luján

Zoo_Lujan

Existem lugares no mundo que são únicos. Lugares em que podemos vivenciar experiências únicas, que nunca seriam vivenciadas em outros locais. E o zoológico da cidade de Luján, na Argentina, é um deles. Não é um zoológico em que apenas se observa os animais, lá é possível interagir com eles, entrar nas jaulas, acariciar e alimentá-los.

Alimentar cabras e acariciar coelhos são experiências “normais”, mas acariciar tigres e leões e alimentar ursos e elefantes é algo que só é possível no zoológico de Lujan!

O lema do zoológico é “todos juntos, no mesmo lugar”, pregando a interação entre homens e animais. A explicação que o zoológico dá é que os animais são domesticados, criados para interagir normalmente com humanos…

Dizem que os animais, na verdade, são dopados. Alguns realmente estavam bem sonolentos e bocejando, mas o zoológico não assume isso.

De qualquer maneira, é preciso muita coragem para entrar em uma jaula com cinco tigres de bengala, com dois leões, com dois tigres brancos… E é essa experiência única que quero compartilhar com vocês e incentivar todos a conhecer.

Meu último voo do ano de 2013 foi para Buenos Aires, na Argentina. Duas colegas, a Amanda e a Juliana, já haviam planejado de ir a Luján, e eu me inclui no passeio. No hotel, o concierge providenciou um carro e um motorista para nos levar, por caríssimos 1200 pesos (cerca de 400 reais).

O tempo de viagem de Buenos Aires a Luján é cerca de uma hora. O ingresso no zoológico custa 150 pesos ou 50 reais.

Mesmo com um calor de 38 graus nós estávamos animadas para vivenciar todas as oportunidades desse zoológico tão diferente.

O primeiro contato foi com as cabras. Confesso que fiquei com um pouco de “nojo” quando elas lamberam minha mão…

Zoo_Lujan_01

Depois fomos para a jaula dos tigres brancos. A espera durou um 25 minutos mas valeu a pena. Bem na hora que eu estava acariciando, ele levantou e eu fiquei morrendo de medo de ser atacada!!!

Zoo_Lujan_02

Com um pouco menos de fila, fomos para a jaula dos leões!!! Adrenalina mil! Eles jogam carne para eles comerem e ficarem bem saciados e não terem vontade de atacar os turistas!!!
Zoo_Lujan_03

Zoo_Lujan_04

E, como sempre, fiz vídeos para minha sobrinha Gabriela:

Continuamos a visita interagindo com os filhotes. Muito fofos, com eles não teve medo algum…

Zoo_Lujan_05

Zoo_Lujan_06

Depois, visitamos o dromedário…
Zoo_Lujan_07

E alimentamos  elefante…

A adrenalina maior foi na jaula com os tigres de bengala… um deles “acariciou” a Juliana…

Amanda, Juliana e eu com o animal que achei mais bonito

Amanda, Juliana e eu com o animal que achei mais bonito

O urso foi o único que o contato não foi tão direto. Tivemos que alimentá-lo usando um espetinho.

O passeio de pônei era só para as crianças…

Zoo_Lujan_09

Foi uma experiência incrível e única. No geral, achei o zoológico mal cuidado. Vi duas vezes os cuidadores fumando dentro das jaulas e sem paciência com os turistas e os animais. A infra-estrutura é também precária, o chão é de terra batida e os gansos ficam perseguindo os turistas atrás de comida!

Há também no zoológico um museu de automóveis antigos, mas eram tão velhos e mal cuidados que pareciam sucatas… não gostei.

Museu ou sucata?

Museu ou sucata?

Depois da visita fomos conhecer a Catedral de Luján, considerada (apenas pelos argentinos) a maior catedral da América Latina.

Zoo_Lujan_11

 

Foi assim que finalizei os passeios de 2013… e que venham muito mais em 2014!!!

Feliz ano novo a todos!!!

Agradeço imensamente à Amanda e Juliana pela companhia e pelas fotos e vídeos.