Florida_Keys_d
Florida Keys
01/04/2013
Cinqueterre_d
Cinqueterre
19/08/2013

Marburg

Marburg

Ter a oportunidade de ir para Alemanha no mês de junho é como ganhar na loteria! Temperatura agradável, jardins floridos, dias ensolarados, pessoas felizes formam um conjunto perfeito para um belo passeio. Tive a ótima oportunidade de fazer um voo para Frankfurt no último dia 19 e aproveitei para conhecer a cidade universitária Marburg.Marburg é uma cidade com 800 anos de história. Situada nas margens do rio Lahn, a paisagem da cidade destaca-se pela grande igreja gótica e um imponente castelo no alto da montanha. Dentre seus ilustres moradores estão os irmãos Grimm, que escreveram alguns contos de fadas e Martin Lutero.

O trajeto de Frankfurt a Marburg de trem dura cerca de uma hora. Duas colegas me acompanharam nesse passeio: a Jaqueline e a Eunice. Além da companhia e das boas risadas pude contar com uma tradutora pois a Jaqueline fala alemão e nos ajudou muito ao longo do dia.

Chegamos na estação de Marburg por volta de 09:40 da manhã. No horário brasileiro ainda eram 04:40! O primeiro ponto turístico que visitamos foi a Elisabethkirche, que é a igreja de Elisabeth. Construída e 1235 é uma grande igreja gótica com tripla abside. Os vitrais mostram a vida de Santa Elisabeth e alguns de seus trabalhos realizados na cidade. Santa elizabeth foi uma condessa, Izabel da Hungria, que viveu em Marburg após tornar-se viúva e dedicou sua vida aos doentes, apesar de ter morrido com 24 anos.

Fachada da Elizabethkirche

Fachada da Elizabethkirche

Vista da igreja do outro lado da rua

Vista da igreja do outro lado da rua

Vitrais da igreja mostrado cenas da vida de Santa Elisabeth

Vitrais da igreja mostrado cenas da vida de Santa Elisabeth

Continuamos o passeio em direção a Cidade Histórica Antiga. É possível pegar um elevador pois fica em uma parte mais lata da cidade. Na cidade histórica (parte alta) as ruas são estreitas e a arquitetura do tipo enxaimel domina a paisagem.

Praça do Mercado

Praça do Mercado

Jaqueline, Eunice e eu

Jaqueline, Eunice e eu

O ponto principal da cidade é a Praça do Mercado, onde fica o prédio da prefeitura, construído no século XVI.

Prédio da prefeitura com o famoso relógio de 400 anos

Prédio da prefeitura com o famoso relógio de 400 anos

Continuamos a “subida” em direção ao castelo e passamos pela igreja luterana de Santa Maria, a igreja mais antiga de Marburg.

Após várias escadarias chegamos ao Castelo de Landgrave. O castelo foi construído no ano 1.000 como residência dos landgraves. Essa palavra não tem tradução para o português pois era usada para designar um título na Alemanha, uma espécie de duque ou conde, tipo um “dono da terra”.

Escadaria para chegar ao castelo

Escadaria para chegar ao castelo

O castelo também funcionou como forte. Em estilo gótico, com alguns detalhes renascentistas, o prédio é bem grande e repleto de histórias. Ao chegar no alto da colina não sabemos se admiramos a bela arquitetura do castelo ou a paisagem da cidade vista do alto.

Paisagem de Marburg a partir do castelo

Paisagem de Marburg a partir do castelo

É possível visitar o  interior do castelo, a visita custa 4 euros. Na ala leste, funciona o museu da História Cultural, com cinco andares divididos em pré-história, arte sacra, armaduras, folclore e dia-a-dia. Muito interessante.

Na ala norte, fica o Hall do Príncipe, um dos maiores interiores góticos da Alemanha. Hoje o espaço é usado para concertos e eventos.

Hall do Príncipe

Hall do Príncipe

Em um lareira, abre-se para o Grande Hall da ala oeste, onde há exibição da história do castelo e fundação do estado de Hessen. Na ala sul, foi onde aconteceu o evento de maior notoriedade: em 1529, aconteceu o Colóquio de Marburg, onde o landgrave Philipp, o Magnânimo, foi convidado para ser landgrave de Marburg.

Afresco na capela

Afresco na capela

A capela do castelo foi consagrada em 1288. É decorada com afrescos medievais nas paredes, todas recentemente restauradas. O piso original também está preservado.

Marburg_11

Marburg_12

Quando acabamos a visita ao castelo, todos os sinos da cidade batiam meio-dia. Do alto da cidade, assistimos tudo de camarote! Descemos de volta a cidade antiga e escolhemos um restaurante cheio de moradores para almoçar. Escolhemos um prato típico do restaurante: Aufläufe, batatas com carne e queijo garatinados, e para beber suco de maça com água com gás. Sem pensar que no horário brasileiro eram ainda 8 da manhã, almoçamos com prazer! Descemos até as margens do rio Lahn e admiramos a bela arquitetura da Universidade Philipps. Fundada em 1527 pelo landgrave Phillip, o Magnânimo, é a universidade protestante mais antiga do mundo, com cerca de 22.000 estudantes dos cursos de medicina, ciências naturais e humanas.

Universidade Philipps

Universidade Philipps

A principal ponte sobre o rio Lahn é a Erlenring Kurt-Schumacher, onde os apaixonados trancam cadeados e jogam a chave no rio, como acontece em várias cidades.

Ponte sobre o rio Lahn

Ponte sobre o rio Lahn

Passeamos pelas margens do rio, onde estudantes curtiam o sol e o calor enquanto liam e conversavam…

Voltamos a estação central de Marburg pelas margens do rio e antes de entrar no trem de volta pra Frankfurt pudemos nos despedir da paisagem dessa bela cidade!

Vista da cidade a partir da estação de trem

Vista da cidade a partir da estação de trem

Total de gastos do passeio por passeio: 15 euros de táxi para estação central de Frankfurt, 14 euros de passagem de trem, 4 euros de entrada no castelo e 8 euros de almoço = 41 euros