zaragoza
Zaragoza
15/07/2014
praias_florida
Praias da Flórida
10/09/2014

Brighton

brighton

Nós brasileiros temos o privilégio de ter cerca de sete mil quilômetros de litoral com praias belíssimas e clima tropical o ano inteiro. Portanto, ao visitar uma praia britânica, não podemos nem ousar comparar com as praias brasileiras pois a diferença de clima e paisagem é grande. Mas a magia de viajar é justamente essa: conhecer e observar essas diferenças que tornam o nosso mundo tão diversificado. E eu como uma boa mineira, amo qualquer tipo de praia e não podia deixar de conhecer mais uma.Em agosto de 2014, tive a oportunidade de ir (à trabalho) para Londres e aproveitei o verão britânico para conhecer a praia mais próxima de Londres. Brighton fica no sul da Inglaterra, cerca de 100 km de Londres e é a preferida dos londrinos no verão. Os trens partem da estação Vicotoria com bastante frequência e a viagem dura cerca de 55 minutos.

Com a companhia de duas colegas, a Ane e a Juliana, pegamos o trem das 08:36 e às 09:30 já estávamos no litoral sul britânico. A estação de trem de Brighton fica bem no centro da cidade e é possível fazer tudo a pé por lá.

Rua da estação de trem: é possível ver o mar ao fundo

Rua da estação de trem: é possível ver o mar ao fundo

Além da praia, a cidade tem uma atração turística importante: o Royal Pavillion. Esse palácio era uma casa de campo que George IV, ainda príncipe, alugou na primeira vez que foi a Brighton em 1783. O futuro rei gostou tanto da atmosfera informal da cidade que em 1787 ele comprou a propriedade e criou um palácio neo-clássico. A partir de 1802 os interiores foram decorados em estilo chinês. Em 1811, George contratou Jonh Nash para aumentar o palácio, com um exterior baseado na arquitetura indiana.

Royal Pavillion

Royal Pavillion


Brighton03

Até 1850, o Royal Pavillion foi residência real, quando a rainha Victoria (sobrinha do rei George IV) vendeu o palácio para a cidade Brighton, que manteve a decoração e restauração até os dias atuais.
A visita ao palácio inclui um audio-guia e dura cerca de uma hora. Infelizmente não é possível tirar fotos do interior. A decoração é extremamente maravilhosa, repleta de detalhes chineses como bambus e dragões. É possível visitar a sala de banquetes, o salão de música, os quartos reais, o salão de música, a cozinha, tudo com explicações detalhadas do audio-guia.Continuamos o passeio, agora sim em direção à praia. Passamos por uma praça muito florida com uma fonte e homenagem à Rainha Victoria.

Brighton04

Chegando na praia o vento era forte e a temperatura em torno de 15ºC. Não existe areia, apenas pedregulhos e algumas conchas. O Mar do Canal da Mancha não é tão azul, é mais escuro e o céu, típico inglês, estava bem cinza.

Brighton05

 

Brighton06

O que domina a paisagem na praia é a Roda Gigante e o Brighton Pier, um píer de 800m  adentro do mar com parque de diversões, restaurantes e muitos turistas. É um lugar extremamente agradável, com música ambiente e energia boa.

Brighton07

Anne, eu e Juliana no Brighton Pier

Anne, eu e Juliana no Brighton Pier

 

Brighton09

 

Brighton10

 

Comemos o tradicional Fish & Chips (peixe com batatas fritas) no píer, curtindo o visual da praia e a felicidade dos turistas com uma pontinha de sol que apareceu por volta de meio-dia, fazendo a temperatura subir para para 19°C!!!

 

Fish and chips com vista para o mar

Fish and chips com vista para o mar

Continuamos o passeio pela orla, com feirinhas de artesanato, suvenirs e artistas de rua.

Brighton12

 

Brighton13

Saindo do praia, fomos em direção a outro ponto turístico da cidade: The Lanes, um labirinto de vielas, repleto de pessoas e lojas, basicamente jóias, antiquários e cafés. Entramos em apenas uma loja que nos chamou muita atenção e só depois que eu descobri que era uma famosa chocolateria. Choccywoodydoodah é uma chocolateria que faz doces e bolos incríveis e tem um reality show. Uma espécie de Cake Boss britânico. A fila era enorme e nós só ficamos admirando e babando nas maravilhas da vitrine dessa loja incrível!

Deliciosa vitrine da Choccywoodydoodah

Deliciosa vitrine da Choccywoodydoodah

Vielas do The Lanes

Vielas do The Lanes

Passamos pela Torre do Relógio e voltamos para estação de trem. Pegamos o trem das 14:36 de volta para Lonres pois nosso voo de volta para São Paulo era às 22h.

Torre do Relógio com a catedral ao fundo

Torre do Relógio com a catedral ao fundo

Gostei muito da experiência de conhecer uma praia tão diferente e um verão tão frio. Brighton é uma cidade muito bonita que vale a visita de quem tiver um tempinho livre em Londres.

Gastos totais do passeio, por pessoa:
Metrô até a Victoria station: 7 libras
Trem ida e volta: 30 libras
Entrada no Royal Pavillion: 11 libras
Fish and Chips: 10 libras
Total: 58 libras, cerca de 230 reais